webleads-tracker

Evolução da taxa de Demarca

Informações e Regulamentações – Dados e estatística da taxa de diferença em Portugal

 

Os furtos em lojas, custaram ao retalho mundial 88.878 milhões de euros, em 2011, totalizando 1,45% das vendas.

Esta taxa de perda desconhecida global representa um aumento de 6,6% face ao ano passado, sendo que a Europa foi a região que registou uma maior subida do índice de variação de perdas, com um crescimento de 7,8%, segundo o Barómetro Global do Furto no Retalho é a taxa mais alta registada pelo estudo desde 2007.

 

O comércio em Portugal perdeu, entre Julho de 2010 e Junho de 2011, 372 milhões de euros, devido sobretudo a furtos. Este valor representa um aumento de 7,3% face ao período de 2009/2010.

 

Em Portugal, o valor das perdas, apesar de ter aumentado no período estudado, representando 1,33% das vendas totais, situa-se abaixo da média europeia, que regista 1,39%, o correspondente a 36,2 mil milhões de euros.

 

As perdas, causadas maioritariamente por furtos de clientes (48,9%) e empregados (28,4%), significavam, entre Julho/2010 e Junho/2011, um custo médio para cada família portuguesa de 107,44 euros extra nas compras.

 

Os produtos mais roubados em lojas portuguesas são acessórios de moda, vestuário, cosméticos, perfumes e produtos alimentares.

 


contact content

Inventário compartido, o que é?

Inventário realizado por Novastock em parceria coma sua equipa de loja ou armazém.

Saber mais

Porque alugar material de Inventário?

Se seja realizar um Inventário e de essa maneira aligeirar o seu pessoal, complete e optimize o vosso material de inventário, beneficiando-se de material e software fiáveis e de última geração

Saber mais